jusbrasil.com.br
16 de Dezembro de 2018
    Adicione tópicos

    Fabricante de blindex terá de indenizar por explosão

    Publicado por Direito Vivo
    há 6 anos

    A empresa Pilkington Brasil, fabricante do box “Blindex”, foi condenada a pagar uma indenização no valor de R$39.755,60, por danos morais e materiais, a uma consumidora e sua filha.

    Priscila Tenenbaum e a criança, então com 3 anos de idade, tomavam banho juntas quando o box do banheiro em que estavam explodiu. Na tentativa de proteger a criança, a autora curvou-se sobre ela, sofrendo profundas lesões no cotovelo e antebraço, que tiveram parte do osso exposto, necessitando de tratamento cirúrgico. A menina sofreu apenas cortes superficiais.

    Para o desembargador Juarez Fernandes Folhes, da 14ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio, o produto apresenta defeito a partir do momento em que não oferece a segurança esperada. “No que concerne ao defeito do produto, este é defeituoso quando não oferece a segurança que dele legitimamente se espera, tendo em vista que, supostamente, trata-se de vidro temperado, o qual foi submetido a um tratamento que confere ao vidro aumento em sua resistência mecânica e ao choque térmico.”, afirmou o magistrado.

    Nº do processo: 0427648-33.2010.8.19.0001

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)